Inteligência Estratégica e Design Thinking: Conceitos Complementares, Sequenciais e Recorrentes para Estratégia Inovativa

Marcelo Mesquita Reche, Raquel Janissek-Muniz

Abstract


Os esforços e investimentos demonstram o foco que as organizações possuem em desenvolver inovações em seus segmentos. Com o crescente aumento da competitividade entre as empresas, as ações e o planejamento estratégico são essenciais para a sobrevivência no mercado. Monitorar o ambiente visando identificar novos focos ou formas de atuação é um modo de tornar processuais as iniciativas que podem potencialmente alavancar o negócio através de uma postura proativa. Neste sentido, o uso do conceito de Inteligência Estratégica já uma realidade entre as empresas gerando informações importantes para a criação de vantagem competitiva. Já o conceito de Design Thinking é utilizado como método para satisfazer objetivos tanto econômicos quanto criativos. Ambos os conceitos possuem etapas de processo que os caracterizam como cíclicos e que estão diretamente ligadas à estratégia da organização. Este artigo propõe-se a compreender uma possível correlação entre os conceitos de Inteligência Estratégica e Design Thinking para o desenvolvimento de estratégia inovativa. De abordagem qualitativa, a pesquisa coletou dados junto a profissionais ligados aos conceitos tema deste estudo. Os resultados demonstram uma proximidade entre os métodos de Design Thinking e Inteligência Estratégica, além da complementariedade ou sequencialidade de sua utilização com foco em inovação.


Keywords


Inteligência Estratégica; Design Thinking; Inovação; Estratégica Inovativa

References


AAKER, David A. Pesquisa de marketing. São Paulo: Atlas, 2001.

AMBROSE, Gavin. Design Thinking / Gavin Ambrose, Paul Harris; tradução: Mariana Belloli. Porto Alegre: Bookman, 2011.

BEN-ISRAEL, R. O futuro da Inovação. PUCRS Informação, Porto Alegre, v.33, n.160, p. 24, 2012.

BROWN, T. Design Thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias / Tim Brown com Barry Katz; tradução Cristina Yamagami. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

COLLET, L. Mensuração das inovações: construção de um índice de ciência, tecnologia e inovação (ICT&I) para os estados brasileiros. 2012. 111 f. Dissertação (Mestrado em Economia do Desenvolvimento) – Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia, PUCRS. Porto Alegre, 2012.

ELER, Denise. Design thinking para gestores. T&D: inteligência corporativa de São Paulo, N. 169 , p. 32-39, jun./jul. 2011.

FULD, L. M. Intelligence Software Report. Massachusetts: Fuld Company, 2008.

GOMES, E. Inteligência competitiva: como transformar informação em um negócio lucrativo. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

GOMES, E. Apostila da disciplina de inteligência competitiva do curso MBA em gestão de negócios e inteligência competitiva. Rio de Janeiro: SENAC, 2008.

GRAY, David E. Pesquisa no mundo real. 2. ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

JANISSEK-MUNIZ, R.; LESCA, H.; FREITAS, H. Inteligência Estratégica Antecipativa e Coletiva para Tomada de Decisão. R. Intelig. Compet., São Paulo, v. 1, n. 1, p. 102-127, abr./jun. 2011. Disponível em:

< http://www.inteligenciacompetitivarev.com.br/ojs/index.php/rev/article/view/6/15> Acesso em: 3 set. 2016

JÚLIO, Carlos Alberto. A arte da estratégia: pense grande, comece pequeno e cresça rápido / Carlos Alberto Júlio. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

KIM, W. Chan. A estratégia do oceano azul: como criar novos mercados e tornar a concorrência irrelevante. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

LESCA, H. Inteligência estratégica antecipativa e coletiva: o método L.E.SCAnning® / Humbert Lesca, Raquel Janissek-Muniz. Porto Alegre: Pallotti, 2015.

MARTIN, Roger L. Design de negócios: por que o design thinking se tornará a próxima vantagem competitiva dos negócios e como se beneficiar disso. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

MILLER, Jerry P. O milênio da inteligência competitiva / Jerry P. Miller e Business Intelligence Brainstrust; trad. Raul Rubenich. Porto Alegre: Bookman, 2002.

NEUMEIER, Marty. A empresa orientada pelo design / Marty Neumeier; tradução Felix José Nonenmacher. Porto Alegre: Bookman, 2010.

NITZSCHE, Rique. Afinal, o que é design thinking?. São Paulo, SP: Rosari, 2012.

OLIVEIRA, D. de Pinho Rebouças de. Planejamento estratégico: conceitos, metodologia e práticas / Djalma de Pinho Rebouças de Oliveira. 16. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

PASSOS, Alfredo. Inteligência competitiva: como fazer IC acontecer na sua empresa. São Paulo: LCTE Editora, 2005.

PINHEIRO, Tennyson. Design thinking Brasil: empatia, colaboração e experimentação para pessoas, negócios e sociedade. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

PRESCOTT, John E. e MILLER, Stephen H. Inteligência competitiva na prática: técnicas e práticas bem-sucedidas para conquistar mercados. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

RIOS, F. L. C; JANISSEK-MUNIZ, R. Uma proposta de relação de requisitos funcionais para um software de apoio ao processo de inteligência. READ, Porto Alegre, edição 78, n. 2, 2014.

SANTOS, M. J. Orientação ao consumidor e performance financeira: uma análise do papel da capacidade de inovação de produto. 2014. 145 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia, PUCRS. Porto Alegre, 2014.

STAREC, Claudio; GOMES, Elisabeth; BEZERRA, Jorge. (Org). Gestão Estratégica da informação e inteligência competitiva. São Paulo: Saraiva, 2006.

STAREC, C. Gestão da informação, inovação e inteligência competitiva: como transformar a informação em vantagem competitiva nas organizações. São Paulo: Saraiva, 2012.

STICKDORN, Marc, SCHENEIDER, Jakob. Isto é Design Thinking de Serviços: Fundamentos, Ferramentas, Casos. Bookman, 01/2014. VitalSource Bookshelf Online.

TERRA, José Cláudio Cyrineu. 10 dimensões da gestão da inovação: uma abordagem para a a transformação organizacional. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.




DOI: https://doi.org/10.24023/FutureJournal/2175-5825/2018.v10i1.325

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM




Copyright (c) 2018 Future Studies Research Journal: Trends and Strategies

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Future Stud. Res. J. e-ISSN: 2175-5825

Mailing Address: Avenida das Nações Unidas, 7221 - CEP 05425-070 - Pinheiros - São Paulo/SP - Brasil

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.